segunda-feira, 22 de agosto de 2016

UERJ - Capitão América e Segunda Guerra Mundial - Três minutos imperdíveis



Grupo de estudo para questões específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/?fref=ts


Grande parte dos alunos gostam de estudar a Segunda Guerra Mundial. Embora o assunto seja atraente, será que você está preparado para responder a uma questão sobre o tema?Nessa questão da UERJ, menos de 30% dos candidatos conseguiram acertar. Você estaria entre eles? Após os três minutos e treze segundos desse vídeo, você, certamente, responderá de forma positiva ao última pergunta deste post.







domingo, 21 de agosto de 2016

Uerj - Exame 2014 - discursivo questão nº 6





Parece fácil, mas 70% dos candidatos erraram essa questão. Após quatro minutos de vídeo, você poderá afirmar seguramente que, caso estivesse naquele exame, faria parte do grupo menor.



terça-feira, 16 de agosto de 2016

As Reformas Urbanas do Rio de Janeiro no início do século XX - Uerj em gotas - 5ª gota



Grupo de estudo para provas específicas:
https://www.facebook.com/groups/660763183949872/ 






Considerando o Boulevard Olímpico do Rio de Janeiro, o mais recente "point" da cidade maravilhosa, o tema de Reformas Urbanas parece cotado para as provas de final de ano. 
O UERJ em gotas de hoje traz comentários acerca de uma questão Recente que exigiu do candidato conhecimento acerca das características e consequências das reformas Urbanas do Rio de Janeiro no início de século XX. Em apenas dois minutos e cinquenta segundos você estará pronto para responder a uma questão que aborde o tema.




Uerj em gotas: As Reformas Urbanas do Rio de Janeiro no início do século XX - 5ª gota





link para a 6ª gota






segunda-feira, 15 de agosto de 2016

O Governo provisório de Vargas e a Revolução constitucionalista de 1932 - 4ª gota


Grupo de estudo para provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/



Uerj em gotas: 4ª gota



Com esse vídeo de apenas um minuto, você será capaz de responder satisfatoriamente a essa questão da UERJ.








1968 - O ano que não terminou - Uerj em gotas - Regime militar





Grupo de estudo para prova específica: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/



Uerj em gotas - essa gota é sobre o ano de 1968 e suas características únicas na História do Brasil e do mundo. Leia a questão e assista a aula de apenas  um minuto e vinte segundos.




O ano de 1968 tornou-se sinônimo de uma rebelião estudantil mundial. Mas 1968 não existiu de uma forma isolada, ele foi o ponto culminante de uma década de movimentos que se espalharam por quase todo o planeta. No Brasil, na França, no México, nos Estados Unidos, na Espanha, no Canadá, na Argentina, na Venezuela, na Polônia, na Tchecoslováquia, países com diferentes realidades políticas e diversas condições econômicas se viram enfrentando um mesmo fenômeno político: rebeliões de jovens estudantes universitários e secundaristas. Adaptado de ARAUJO, M. P. Memórias estudantis: da fundação da UNE aos nossos dias. Rio de Janeiro: Relume Dumará, 2007. Os movimentos de contestação política ocorridos na década de 1960 tiveram motivações variadas. No Brasil, a Passeata dos Cem Mil foi o episódio mais marcante nesse contexto. Aponte dois elementos do contexto político brasileiro da época associados diretamente à ocorrência dessa passeata. Em seguida, apresente um motivo que, em 1968, contribuiu para a eclosão de revoltas em um dos outros países citados no texto. 














sábado, 13 de agosto de 2016

UERJ em gotas. Os principais temas das provas da Uerj abordados em aulas de apenas um minuto.




Grupo de estudo para provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/?fref=ts

1º gota:
República liberal - Partidos políticos - A UDN de 1946 ao golpe de 1964




2ª gota:
Crise do Império: as forças políticas que desejavam a República.







3ª gota:  1968, o ano que não terminou 






4ª gota: O governo Provisório de Vargas e a Revolução Constitucionalista de 1932












segunda-feira, 25 de julho de 2016

Enem Total - Física e matemática - assuntos mais cobrados desde 2011

 



Com o objetivo de ajudar aos alunos a otimizarem seus estudos nessas últimas semanas, resolvi postar esses gráficos que demonstram o perfil das últimas provas do ENEM nas disciplinas de Física e Matemática.



Grupo de estudo para o Enem: https://www.facebook.com/groups/674442602690266/?fref=ts


Grupo de estudo para  provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/?fref=ts



                                                 Física - divisão geral





o que mais caiu em mecânica:




O que mais caiu em ondulatória:







O que mais caiu em termologia:






Matemática










O que mais caiu em grandezas proporcionais:






o que mais caiu em geometria espacial:





O que mais caiu em funções:









O que mais caiu em aritmética:








O que mais caiu em geometria Plana:













sexta-feira, 22 de julho de 2016

SIMULADO HISTÓRIA 2º ano técnico - 2º trimestre





Atenção turmas do 2º ano técnico do Professor Arão Alves.

Segue abaixo o link do simulado para a prova do 2º trimestre. Gostaria de enfatizar que o simulado constitui-se apenas em mais um instrumento de estudo, logo, deve-se estudar a apostila UNO e o caderno. Um abraço e bons estudos.

http://www.sprweb.com.br/lista/?COD=5145471525

quinta-feira, 21 de julho de 2016

Da crise do império ao governo de Marechal Hermes - Quadro resumo de aula


Antes do combinado, já está disponível o simulado para a prova trimestral. Separe um tempo para fazê-lo, pois são 38 questões.

Bons estudos!!!

Link para o simulado:
http://www.sprweb.com.br/lista/?COD=2121897340


Segue abaixo oito quadros-resumo dos principais assuntos de nossas últimas aulas. Trata-se apenas de mais um material de estudo, próprio para aquela última olhada. Não esgota o assunto, que deve ser estudado por meio da apostila, execícios, simulados etc. Bons estudos.

Professor Arão Alves.













Essas duas aulas em vídeo cobrem o período 1889-1894 (Década do Caos)









Parte do material dos quadros, organizado em texto pelo aluno Erickson do 3º ano de informática.

A Proclamação da República (1889)

  • Capitaneada pelo exército
·         Única instituição com coesão o suficiente para derrubar o império
·         Deodoro, marechal do exército, além de proclamar a república, assume a presidência temporária

Governo provisório
  • Período de tentativa e erro
·         Lançamento da política do encilhamento.
·         Política emissionista que objetivava incentivar a industrialização (fracassou devido a fraudes e especulação financeira causando um surto inflacionário)

  • Enfrentamento entre dois projetos de república
  • Centralização (Autoritarismo / Positivismo)____x__Descentralização (Federalismo / Liberalismo / Autonomia para as províncias)

Constituição de 1891 - Base liberal, garante a autonomia para os estados
  • Sufrágio universal - Fim do voto Censitário, mas exclui importante parcela da sociedade, analfabetos não votam.
  • Estado Laico - Separação entre o estado e a igreja - criação do registro civil, casamento, nascimento, óbito, etc.
  • Forma de estado: Federação
  • Forma de governo: Presidencialismo c/ mandato temporário e eleição direita.

O Governo constitucional de Deodoro – (1891)
  • O autoritarismo do presidente choca-se com a constituição liberal
  • Conflito entre legislativo e executivo prejudica a governabilidade
  • Tentativa de fechar o congresso gera crise e resulta na 1ª revolta da armada
·         Revolta da marinha: ameaça bombardear o Rio, exigindo a renúncia de Deodoro, o presidente renuncia antes de completar um ano de governo

O Governo de Floriano
  • Ignora a previsão constitucional e não convoca novas eleições.
  • Promove uma política "populista" que resulta no surgimento de um "fã clube" do presidente, grupo radical que era conhecido como florianista ou jacobino.
  • Ocorre uma 2ª revolta da armada
·         A marinha exige a renúncia de Floriano, mas o mal. Resiste e ganha a alcunha de "Marechal de Ferro".

·         Floriano derrota a revolta da armada, além de enfrentar a revolta federalista no sul.

O Governo de Prudente de Morais
  • 1º civil presidente da república
  • Governo marcado pela instabilidade
  • Durante seu governo ocorreu a Guerra de Canudos
·         A dificuldade enfrentada pelo exército para derrotar os sertanejos, enterrou definitivamente o projeto positivista.

Fim da década do caos - (1889 - 1898)
·         Campos Sales chega ao poder (1898 – 1902)
·         Precisa resolver dois problemas que perduram desde o governo provisório:
     Crise Política (conflito entre executivo e legislativo)
·         Resolução: Campos Sales lança a política dos estados (governadores) - Acordo tácito entre o presidente e as oligarquias estaduais.
                                                           Ao interferir minimamente nos estados, as oligarquias garantem que                                                                                 deputados e senadores apoiem o presidente. Acaba a instabilidade.

·         Crise Econômica e Financeira (Consequência do fracasso da política de encilhamento)
     Resolução: O ministro da fazenda consegue renegociar a dívida com credores estrangeiros (britânicos).
     "Funding Loan"
·         13 anos sem pagar o principal da dívida.
·         3 anos sem pagar os juros.
·         Novos empréstimos.
·         Somado a criação de impostos e corte de despesas, o Brasil passa a ser destino de investimentos estrangeiros e supera a crise financeira.

O governo de Rodrigues Alves (1902 – 1906)
  • Barão do Rio Branco é indicado para chanceler.
·         Soluciona questões de limites com países vizinhos
·         Destaque: Tratado de Petrópolis com a Bolívia garante a anexação do Acre.
·         O governo de Rodrigues Alves gasta o que Campos Sales poupou
·         Destaques:
·         Reforma Urbana - O prefeito Pereira Passos promove o "bota a baixo" com o objetivo de alargar as ruas. Construção da Av. Rio Branco. Seu sonho era que
                        Transformar o Rio de Janeiro na paris dos trópicos.

·         Reforma Sanitária - Oswaldo Cruz assume o Instituto de Manguinhos e promove uma campanha para mudar a imagem da cidade. O Rio era conhecido como
                              Cemitério dos estrangeiros.
·         A campanha de vacinação obrigatória gera resistência popular.
·          A Revolta da Vacina é resultado da crise social gerada pelo "bota a baixo";    pela falta de informação acerca da vacina, por questões morais (corpo)
                                 e por interesse políticos da oposição.

  • Convênio de Taubaté: Acordo entre os principais produtores de café. Com recursos externos, o convênio compraria o excedente da produção de café.
·         O objetivo era evitar a queda do preço do produto.






sábado, 16 de julho de 2016

Turquia, Síria e Irã



Grupo de estudo para provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/´




1.   A Primavera Árabe, onda de movimentos populares contra ditadores no Oriente Médio e no norte da África, mudou o mapa de alianças, apoios e rixas na região.
Associe os países, listados na Coluna A, às informações sobre eles fornecidas, na Coluna B.

COLUNA A

1. Turquia
2. Síria
3. Irã

COLUNA B

(     ) A ditadura de Bashar al-Assad, um alauíta (corrente xiita), está ameaçada por protestos organizados em grande parte por sunitas, maioria no país. A repressão brutal levou o exilado Hamas a apoiar os manifestantes.
(     ) O governo de Teerã vem conseguindo sufocar as pressões populares. Com o intuito de destruir Israel, os aiatolás xiitas financiam até o Hamas. Seu avançado programa nuclear pode ser alvo de um ataque militar israelense.
(     ) Berço do Império Otomano, voltou a ter relevância na região, graças à economia forte e à ativa diplomacia do Premiê Recep Erdogan. Apoiou os novos governos do norte da África e tem ajudado os rebeldes contra al-Assad.

Assinale a alternativa que preenche corretamente os parênteses, de cima para baixo.
a) 1 – 3 – 2   
b) 2 – 1 – 3   
c) 1 – 2 – 3   
d) 3 – 2 – 1   
e) 2 – 3 – 1   
 
Gabarito:  

Resposta da questão 1:
 [E]

A Síria (2) atravessa uma guerra civil entre o governo autoritário de Bachar Al Assad (oriundo da minoria alauíta) e rebeldes (em sua maioria oriundos da maioria sunita e integrantes do ELS – Exército Livre da Síria) da Primavera Árabe que lutam por democracia.
O Irã (3) é um país teocrático, ou seja, a região influencia a política. A maioria da população é muçulmana xiita e o país apresenta um polêmico programa nuclear, que para o governo do país tem finalidade pacífica, mas que para os inimigos geopolíticos (EUA, Israel e algumas nações europeias) apresenta objetivos bélicos.
A Turquia (3) é um país emergente que teve expressivo desempenho econômico a partir da década de 2000, apresenta maioria muçulmana sunita e é um país laico. Com a rejeição de parte da Europa a sua entrada na União Europeia, a Turquia tem se aproximado cada vez mais dos países do Oriente Médio e de outras nações emergentes.  




Aula  sobre as origens da da questão palestina.







terça-feira, 5 de julho de 2016

Da proclamação da República ao governo de Prudente de Morais







A história republicana brasileira pode ser dividida em algumas fases, tendo como marcos fatos históricos que representaram mudanças na ordem institucional do Estado. A Primeira República, também conhecida como República Velha, constitui a primeira fase da organização republicana nacional e vai desde a Proclamação da República em 1889 até a chamada Revolução de 1930. O período inicial de nossa República foi extremamente instável, denominado pelo historiador Renato Lessa de "Década do Caos". É  esse período inicial o objeto dessas duas pequenas aulas: 

Bons estudos!!

Professor  Arão Alves 


Grupo de estudo para provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/?fref=ts











sexta-feira, 24 de junho de 2016

União europeia, Acordo Schengen, Brexit - Questões objetivas com gabarito comentado.




Com o abandono (denúncia) recente do Reino Unido ao Tratado de Lisboa, ou seja, sua saída da União Europeia, O velho continente vive uma nova reflexão acerca do ritmo da integração, ou até mesmo a de sua possibilidade. Os enfraquecidos eurocéticos ressurgem com força e as fronteiras, relativamente enfraquecidas com o Acordo Schengen, são repensadas por parcelas de euro cidadãos cada vez mais preocupados com os a grande onda migratória que parece incontrolável. Dificilmente esse assunto estará ausente dos exames de final de ensino médio, por isso não podemos menosprezá-lo. Com esse objetivo, selecionei cinco questões recentes que abordam a União Europeia.

Bons estudos!

Professor Arão Alves



Grupo de estudo para provas específicas: https://www.facebook.com/groups/660763183949872/?fref=ts





Não podemos deixar de levar em conta a relação especial que o Reino Unido sempre gozou em sua relação com a União Europeia. Além de não aderir ao Euro, o país também decidiu não assinar o Acordo Schengen, uma convenção entre países europeus sobre uma política de abertura das fronteiras e livre circulação de pessoas entre os países signatários. Os impactos da "Brexit"  ainda são imprevisíveis, pois, além de poder estimular outras saídas, contribui para um novo balanço de poder entre frança e Alemanha. Outro ponto a ser levado em conta é a necessidade de substituição de acordos comerciais que perdem a validade com a denúncia do tratado de Lisboa.

Bons estudos!

Professor Arão Alves.





















(E)

Todas as afirmativas estão corretas pois correspondem às medidas  de auteridade adotadas  pelo governo grego em resposta as recomendações da chamada  Troika (FMI, Banco Central Europeu e União Europeia).












sábado, 23 de abril de 2016

FGV - Questão sobre mulheres atuantes na História política e social brasileira



Após a temática de gênero presente em duas questões da prova do ENEM do ano passado, parece que as possibilidades não se esgotaram. Recente reportagem da revista veja caracterizou a esposa do vice-presidente Temer como bela, recatada e do lar. As reações nas redes sociais foram intensas e provocaram discussões acerca do tradicional papel definido para mulher em nossa sociedade colonial de base patriarcal. Veja a questão com a qual me deparei hoje.  essa recente questão da Fundação Getúlio Vargas ( FGV), serve para pensarmos acerca das contribuições femininas em nossa história, independente das classes sociais as quais pertenceram. 




Gabarito: Letra A

A letra a trata da Importância da esposa austríaca de D. Pedro que o aconselhava acerca da necessidade de decidir-se pela ruptura com a metrópole portuguesa, decisão tomada após uma carta enviada por ela e por Bonifácio ao príncipe regente que retornava de uma viagem a São paulo.  Anita Garibaldi foi um combatente da república riograndense, República que se formara no contexto da tentativa de independência sulista em relação ao império, a chamada revolução farroupilha ou guerra dos farrapos travada entre 1935 e 1945, entre a regência e os primeiros anos do 2º império. Chiquinha Gonzaga teve atuação importante no movimento abolicionista que se fortalecera após a guerra do Paraguai.

domingo, 31 de janeiro de 2016

Projeto Enem - Cultura musical 1940 1980




Tema constante nas provas do ENEM. Não seja surpreendido.  Em menos de 20 minutos, você estará preparado para pensar variadas questões que possam surgir abordando o tema.




sábado, 30 de janeiro de 2016

Breve Histórico das Constituições brasileiras - em menos de 5 minutos

Por que surge uma nova Constituição? Quantas Constituições o Brasil teve ao longo de sua história? Quais foram os marcos que definiram o surgimento de cada uma delas? A partir da pergunta de um aluno, vamos aprender em menos de cinco minutos. Professor Arão Alves







HOTWORDS

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Follow by Email

Textos relacionados